ARUCI-SMC
Paysage, crayon graphite, 8x11 [pt]
Je suis une personne, pas une maladie (personne utilisatrice de services en santé mentale)
Você está aqui: Inicio > Projetos > As políticas, serviços e práticas de saúde mental - Eixo 2 > Abordagens e práticas de tratamento na comunidade : a perspectiva dos atores

Abordagens e práticas de tratamento na comunidade : a perspectiva dos atores

Abordagens e práticas no tratamento do hospital-dia em psiquiatria. O ponto de vista dos atores: usuários, trabalhadores ​​e gestores (em curso)
Canadá , Quebec

Equipe de pesquisa

  • Marie-Laurence Poirel, Ph.D., Universidade de Montreal; Lourdes Rodriguez del Barrio, Ph.D., Universidade de Montreal, Nadine Larivière, Ph.D., Universidade de Sherbrooke; Pierre David, Psiquiatra, Hospital, Hospital L-H Lafontaine, Associação dos hospitais dia em psiquiatria do Quebec ; Responsáveis (clínicos e gestores) dos cenários de prática envolvidos.
  • Estudante: Emmanuelle Khoury, doutoranda, Escola de Serviço social, Universida de Montreal, Agente de pesquisa.


Este estudo constitui a fase exploratória de uma pesquisa mais ampla que visa precisar a especificidade da contribuição dos hospitais-dia em psiquiatria e dos centros de tratamento na comunidade, com foco sobre a situação dos hospitais-dia, em Quebec. Num contexto mais amplo de transformação dos serviços de saúde mental, a pesquisa se interessa mais particularmente pelas abordagens de tratamento que implicam e solicitam uma pluralidade de dimensões, especialmente um lugar e um grupo. A pesquisa tem como objetivo identificar e descrever as principais dimensões e parâmetros que, nestes ambientes, participam de forma significativa nos dispositivos clínicos e nos processos terapêuticos, a partir do ponto de vista dos atores principais: os usuários, trabalhadores ​​e gerentes de programas. Ao mesmo tempo de continuar a questionar o conceito de "resultados" associados ao tratamento, enfatizando a perspectiva dos usuários.

Financiamento: Fundos de consolidação, ARUCI-SMC (2011-2012)

Objetivos da pesquisa:

Testar e adaptar ao contexto específico de hospitais-dia psiquiátricos e centros de tratamento na comunidade os instrumentos de coleta (grades de entrevistas semi-estruturadas) e ferramentas de análise (grades de análise individuais e tabelas síntese e comparativas ) desenvolvidos e testados no contexto de pesquisa realizada recentemente nos recursos alternativos em saúde mental;

  • Documentar uma parte dos programas de tratamento em hospital-dia em psiquiatria no Quebec;
  • Esclarecer o papel e a contribuição de programas de tratamento em hospitais-dia e centros de tratamento psiquiátrico na comunidade na transformação dos serviços de psiquiatria e de saúde mental;
  • Especificar as principais dimensões e parâmetros que, nestes programas, contribuem de maneira significativa para os dispositivos clínico e ao processo terapêutico, a partir da perspectiva dos diferentes atores;
  • Identificar o local, o papel e a contribuição das dimensões relacionadas com a atmosfera (ambiente físico, clima humano e relações humanas, olhar colocado no usuário); Identificar e esclarecer os principais pontos de especificidade dos programas especializados (dirigida a um determinado tipo de transtorno), por um lado, e de  programas não  especializados, por outro.

Contribuições e resultados:

  • Contribuir para uma melhor compreensão da contribuição dos hospitais-dia.
  • Contribuir para a reformulação e ampliação dos critérios de mudança e de resultados associados ao tratamento em psiquiatria e saúde mental, a partir das perspectivas dos atores. 

 

 

Todos os direitos reservados © 2011, Saúde Mental e Cidadania