ARUCI-SMC
Baisers de la vie, Gravure eaux fortes  [pt]
La question de la place des personnes, leur rôle, leur contribution, leur participation, c’est primordial; il y a là une grande richesse de l’ARUCI-SMC
Você está aqui: Inicio > Projetos > As políticas, serviços e práticas de saúde mental - Eixo 2 > Apoio a implementação e o desenvolvimento de práticas de Gestão Autônoma da Medicação nos Recursos Alternativos de Saúde Mental

Apoio a implementação e o desenvolvimento de práticas de Gestão Autônoma da Medicação nos Recursos Alternativos de Saúde Mental

Apoio a implementação e o desenvolvimento de práticas de Gestão Autônoma  da Medicação nos Recursos Alternativos  de Saúde Mental (em curso)
Canadá, Quebec

Equipe de pesquisa

  • Raymond Beaunoyer, Reagrupamento dos Recursos alternativos em Saúde mental  do Quebec (RRASMQ); Marie-Laurence Poirel, Ph.D., Universidade de Montreal; Lourdes Rodriguez del Barrio, Ph.D., Universidade de Montreal; Julie Rivard, CAMÉÉ; Comitê de Práticas RRASMQ, Lise-Anne Ross, Prise II.


Apesar dos progressos inegáveis ​​na sensibilização para a abordagem da Gestão Autônoma da medicação (GAM) desde o início desta nova abordagem, especialmente a divulgação de instrumentos de formação e de sensibilização desenvolvido através de projetos-piloto, e apesar dos avanços significativos em alguns recursos alternativos, diferentes atores envolvidos no desenvolvimento do GAM desde a sua criação  constatam limitações significativas na implantação da abordagem e das práticas da Gestão Autônoma de medicamentos em recursos alternativos. Diversos fatores contribuem para esta situação, muitos atores identificaram a falta de ferramentas práticas para apoiar a implementação da abordagem GAM em cenários de prática em saúde mental. Os atores envolvidos no GAM encontram-se aqui  unidos pela constatação mais ampla ligadas a estratégias de implantação de novas práticas: as atividades de formação pontuais não são em si suficientes para sustentar a implementação de novas práticas e outras estratégias devem ser desenvolvidas para acompanhar a renovação das práticas.

Este tipo de observação levou o RRASMQ a estabelecer a partir do inverno de 2011 um grupo de trabalho e de apoio provincial para a implementação do GAM composto por diferentes atores (os usuários, trabalhadores, responsáveis pelos recursos alternativos, formadores e pesquisadores), cujo trabalho tem como objetivo promover o desenvolvimento de vínculos de intercâmbio e apoio entre recursos alternativos envolvidos em um processo de implementação e consolidação de práticas ou GAM, para identificar formas que podem apoiar o desenvolvimento de abordagem e práticas da GAM em recursos alternativos, especialmente o desenvolvimento de ferramentas de animação em apoio as ferramentas existentes;  para avançar o conhecimento sobre a implementação do GAM nos recursos alternativos, as condições facilitadoras, os desafios e barreiras . Este projeto visa consolidar a continuação do trabalho iniciado por este grupo de trabalho. A comissão de acompanhamento composta por uma variedade de atores,  usuários, trabalhadores, gerentes de recursos alternativos, formadores e investigadores acompanha todo o processo e atividades.

Financiamento: Fundos de consolidação, ARUCI-SMC e Reagrupamento dos recursos Alternativos en Saúde Mental Quebec (RRASMQ)

Objetivos da pesquisa:

Os objetivos gerais do projeto estão situados em dois níveis:

  1. Apoiar o RRASMQ no desenvolvimento de estratégias de implementação e desenvolvimento da abordagem e práticas de Gestão Autônoma de medicação em recursos alternativos;
  2. Fazer avançar o conhecimento sobre a implementação do GAM, as condições que facilitam a implementação e os desafios e obstáculos encontrados.

A partir desses objetivos, o projeto dá continuidade a uma série de objetivos mais específicos em três níveis:

  • Desenvolvimento de práticas : a) experimentar as ferramentas de animação desenvolvido em recursos alternativos; b) desenvolver e testar novas ferramentas visando apoiar a implantação e o desenvolvimento das práticas de acompanhamento do GAM
  • Formação: revisar e ampliar o programa de formação atual adicionando um componente de sensibilização e  um componente de apoio à implementação e desenvolvimento de práticas;
  • Pesquisa: documentar diversas experiências em andamento para incentivar a expansão do conhecimento sobre a implementação do GAM, as condições facilitadoras, os desafios e obstáculos.

Contribuições e resultados:

Ao apoiar o RRASMQ e os Recursos alternativos nos esforços para fortalecer a implementação do GAM por um lado e por outro documentando as condições que facilitam e barreiras, o projeto irá aumentar o acesso a esta abordagem inovadora para os usuários de recursos alternativos em saúde mental e, assim,  melhorar a qualidade de vida subjetiva e ampliar o poder de agir e a capacitação das pessoas envolvidas. 

Todos os direitos reservados © 2011, Saúde Mental e Cidadania