ARUCI-SMC
Você está aqui: Inicio > Projetos > As práticas cidadãs - Eixo 3 > Guia do usuário da saúde mental (GUSM)

Guia do usuário da saúde mental (GUSM)

GUSM - PARA BAIXAR

Time da Pesquisa

Membros da Associação Florescendo a Vida de Usuários, Amigos e Familiares dos Serviços de Saúde Mental de Campinas (AFLORE).

·         Fernando Medeiros

·         Luciano Marques de Lira

·         Nilson Souza do Nascimento

·         Renato Ferreira Felix de Oliveira

·         Rodrigo Fernando Presotto

·         Thaís Mikie de Carvalho Otanari

Resumo do Projeto:          

O Guia do Usuário da Saúde Mental (GUSM) é um projeto que vem sendo desenvolvido pela Associação Florescendo a Vida de Familiares, Amigos e Usuários dos Serviços de Saúde Mental de Campinas (AFLORE) desde março de 2010. A AFLORE existe desde dois dezembro de 2005 e busca através da realização de ações e atividades educativas, culturais, de reinserção social e capacitações, dar suporte aos usuários da saúde mental, familiares e demais pessoas ou entidades que desenvolvam atividades semelhantes às preconizadas pela associação ou que necessitem de apoio. A Associação surgiu a partir da iniciativa de familiares, usuários e profissionais de serviços da rede de saúde mental, de Campinas (cidade localizada no interior do estado de São Paulo), sensibilizados pela causa e que buscavam novas alternativas e atividades que contemplassem a necessidade dos usuários da saúde mental e suas famílias.

Fundamentada na perspectiva acima descrita este projeto possui em seu desenho o desenvolvimento de um guia constituído pelos seguintes passos: Estrutura dos Serviços da Rede de Saúde Mental, Internação, Serviços de Porta Aberta, Projetos Terapêuticos, Direitos como Usuário da Saúde Mental, Autonomia e Medicação. Tais temas refletem pautas debatidas pela Associação desde sua criação.  A proposta, portanto, é de que o GUSM tenha como função nortear grupos compostos por usuários de Centros de Atenção Psicossocial III (CAPS III) de Campinas, tendo como facilitadores os próprios membros da AFLORE, também usuários da saúde mental, e outros integrantes da associação. O objetivo é promover, através de perguntas e pequenos textos disparadores, discussões que caminhem, coletivamente, para o fortalecimento da autonomia dos usuários participantes a partir do processo de reflexão sobre seu próprio tratamento e do funcionamento do serviço onde fazem o tratamento. A idéia é que, quanto mais os sujeitos conhecem sobre seu tratamento e o lugar em que são cuidados, assim como seus direitos e a política dos serviços de saúde em que estão inseridos, mais eles se “empoderarão” da sua condição de cidadãos, a qual necessita, a todo o momento, ser garantida e assumida.

O projeto prevê a realização de dois grupos diferentes, cada um será composto por seis usuários e três facilitadores. Os encontros terão duração de aproximadamente uma hora e meia e acontecerão quinzenalmente, em um período de seis meses, resultando em quinze encontros no total. Um grupo será composto por usuários de um mesmo CAPS III e outro grupo será formado por usuários de vários CAPS III da cidade de Campinas. Cada participante terá um guia (material impresso) que será preenchido, pelo mesmo, com conteúdos que serão construídos através de reflexões individuais e coletivas geradas a partir da discussão realizada nos encontros. Dessa forma o caderno poderá se tornar o diário de memórias dos trabalhos desenvolvidos pelo grupo.

    Para desenvolver tal atividade os membros da AFLORE envolvidos com o projeto GUSM, vem trabalhando para se capacitar enquanto educadores e facilitadores dos grupos além de se fortalecerem enquanto militantes da saúde mental. Experimentando o planejamento de um projeto, a busca por parcerias e a vivência do exercício cotidiano de desenhar e colocar em prática uma proposta elaborada coletivamente. 

 

Descrição sumária do projeto:

O projeto do GUSM consiste na elaboração e desenvolvimento de um guia que a partir de etapas (passos) possam auxiliar e orientar, através de dois grupos, usuários de serviços de saúde mental de Campinas (CAPS III) a compreender melhor seu tratamento e o funcionamento do serviço onde estão inseridos. O projeto do GUSM foi elaborado coletivamente por membros da AFLORE, que é uma associação de familiares, amigos e usuários dos serviços de saúde mental busca através de uma prática cidadã promover a criação e socialização de um instrumento que possa posteriormente ser utilizado em outros lugares com o intuito de dialogar com o usuário assistido sobre o que acredita ser relevante dentro de seu tratamento e principalmente qual é o sentido atribuído pelo usuário e a função das atividades que a ele são ofertadas como integrantes de seu projeto terapêutico.

Objetivo

Fortalecer, através das discussões nos grupos, o usuário da saúde mental enquanto ator social e agente fundamental para o controle social dos serviços de saúde mental em que estão inseridos e o incentivo para que estes possam também participar de outros fóruns de discussão e controle social da rede municipal saúde. 

 

Contribuições e Prestações

- Potencializar a autonomia dos usuários frente ao seu tratamento a partir da ampliação de seu poder contratual, possibilitado através do aumento de sua compreensão global acerca de seu tratamento e do funcionamento dos serviços da rede municipal de saúde mental. 

- Dar suporte aos usuários, a partir da participação nos grupos, para adquirirem melhor compreensão sobre seu problema de saúde.

- Discutir diferentes formas de tratamento em saúde mental, práticas internas e externas às desenvolvidas nos serviços de saúde mental, tais como práticas intersetoriais e de outros serviços da rede de assistência em saúde mental como os Centros de Convivência, Unidades Básicas de Saúde e Oficinas de Geração de Renda.

- Promover um espaço de avaliação participativa do funcionamento dos CAPS III no município de Campinas, a partir da perspectiva dos usuários, devido ao fato de que a compreensão e experiência pregressas que serão trazidas pelos usuários que irão compor os grupos, acerca do tratamento que realizam e o funcionamento dos serviços onde o fazem, serão fundamentais para discussão e debates realizados nos grupos visando aumentar a compreensão que os mesmos têm sobre o seu tratamento e o funcionamento destes mesmos serviços em que estão inseridos. Sendo assim, estas informações revelarão um dado importante acerca do impacto que às atividades desenvolvidas nos CAPS III tem na população usuária segundo a ótica dos mesmos.

 

Ferramentas e Treinamento

O Guia do Usuário da Saúde Mental (GUSM)

Todos os direitos reservados © 2011, Saúde Mental e Cidadania